Post por @andrelauz

Basta olhar ao seu redor para notar o quanto as pessoas andam cansadas. Alguém cochila no ônibus, um colega suspira na sala de reunião, o estudante ronca em sala de aula e o balcão do cafezinho está sempre lotado. Parece tão normal sentir-se com muito sono o tempo todo. Só que não!

Sonolência excessiva pode ter consequências graves. A porta-voz da Academia Americana de Medicina do Sono,em Evanston (EUA), Lisa Shives, afirma que o principal problema, hoje, é a limitação do sono por excesso de trabalho. “As pessoas estão trabalhando muito e, por isso, limitam-se a seis horas de sono enquanto deveriam dormir sete ou oito”, destaca.

Se você tem problemas para ficar acordado, sofre com sonolência diurna excessiva, cochila facilmente e tem dificuldade para se concentrar, você pode se perguntar: Por que tenho tanto sono?

1. Falta de manutenção do sono

A causa mais comum – e óbvia – de sentir-se com muito sono é a própria falta de sono. Talvez você desconheça o quanto você precisa dormir para o seu corpo poder descansar, mas observe que isso tem muito a ver com a sua idade. De um modo geral, quanto mais velho você fica, menos sono você precisa. No entanto, não é só o tempo que influencia não! A rotina, nesse caso, é muito importante, além do ambiente, que deve ser adequado para o sono.

Você sabe como deixar seu cérebro mais potente e ativo?

2. Apneia do sono

Muita gente não sabe, mas a apneia – condição em que você para de respirar repetidamente enquanto dorme – atrapalha muito a qualidade do seu sono. E você nem percebe! Deitou cedo, mas ainda sente-se exausto durante o dia? Além do ronco alto, a falta de ar – que pode ocorrer dezenas de vezes por hora durante a noite – fragmenta o sono. Com cada despertar, você permanece em estágios mais leves do sono, o que compromete o seu descanso.

3. Narcolepsia

É um distúrbio caracterizado por sonolência excessiva e ataques frequentes de sono durante o dia. O que isso quer dizer? A pessoa, simplesmente, dorme! O sintoma mais característico é a cataplexia, perda súbita do tônus muscular com estímulo emocional, como a surpresa ou o riso. A narcolepsia é coisa séria, pode causar acidentes – a pessoa com o distúrbio pode dormir no trânsito, por exemplo – e precisa de tratamento médico.

4. Síndrome Crônica de Fadiga

Esta é outra condição que pode deixá-lo sonolento. Caracteriza-se por uma persistente exaustão, sem explicação, associada a dores frequentes nos músculos e articulações. Embora a causa desta síndrome não seja completamente conhecida, ela pode deixá-lo incapaz de gerenciar suas atividades diárias. Não há nenhuma solução rápida, mas muita gente se beneficia com pequenas mudanças na rotina.

Quer proteger seu cérebro contra mal de Alzheimer?


5. Intolerância alimentar

O que você come pode deixá-lo mais cansado. Parece loucura, mas não é! Se você perceber que fica mais sonolento e o cansaço fica pior depois de comer certas coisas, você pode ter uma intolerância alimentar. Converse com o seu médico sobre uma dieta supervisionada para observar se cortando certas coisas do seu cardápio você se sente melhor.

6. Síndrome das Pernas Inquietas

Mais um distúrbio que atrapalha o seu descanso. Ela causa movimentos excessivos durante o sono e pode deixá-lo super cansado no dia seguinte. É caracterizada por uma sensação desconfortável nas pernas associada a necessidade de movimentá-las e que, muitas vezes, acontece à noite. Também associada a síndrome dos movimentos periódicos dos membros – súbitos movimentos bruscos que ocorrem durante o sono. Existem tratamentos eficazes disponíveis para estas condições.

Você deseja melhorar sua capacidade de tomada de decisão? 


7. Perturbações do ritmo circadiano

Para quem não sabe, o ritmo circadiano é o relógio natural do corpo que ajuda a coordenar suas atividades biológicas, independente da presença – ou não – de fatores externos. Se ele está desregulado, você pode sentir-se sonolento nas horas erradas. É muito comum acontecer com pessoas que viajam para destinos com grande diferença de fuso horário. 

Bônus: Benefícios de falar inglês para o seu cérebro

Estudar inglês deixa seu cérebro mais potente e ativo, assim, diminuindo seu sono durante o dia. Além disso, seu cérebro será protegido de doenças como o Mal de Alzheimer e pode potencializar sua capacidade de tomada de decisões.

Post por @andrelauz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: